Materialidade

Materialidade

Engajando-se com nossos stakeholders para estabelecer nossa estratégia e prioridades de RSC

Em 2019, a Teleperformance estruturou ainda mais a estratégia de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) do Grupo, realizando sua primeira análise de materialidade, envolvendo mais de 50 stakeholders internos e externos no processo de consulta.

Através de nossa visão e nossas ações, a Teleperformance está comprometida com a responsabilidade social. O objetivo desta análise é ajudar-nos a priorizar a ampla gama de desafios de RSC que enfrentamos como empresa global.

O mais importante é que queremos fortalecer o diálogo com nossos stakeholders sobre a RSC e garantir que suas expectativas sejam atendidas adequadamente por meio das atividades e programas de RSC do Grupo. No futuro, a Teleperformance continuará se engajando em uma comunicação transparente com nossos principais stakeholders e parceiros sobre esses assuntos e se baseará na percepção que eles nos fornecem sobre nossos riscos e oportunidades de RSC para continuar melhorando nossa criação de valor para a sociedade.

Image_materiality

 

Visão Geral da Metodologia

A Teleperformance conduziu sua análise de materialidade de acordo com as seguintes etapas:

- Identificação de tópicos relevantes de RSC para Teleperformance, considerando as especificidades de nosso setor de atividade e com base em padrões internacionais como ISO 26000, Pacto Global ou Iniciativa Global de Relatório (GRI – Global Reporting Initiative);

- Entrevistas em um painel de discussão com mais de 50 stakeholders internos e externos, representativos do local de atividade do Grupo (Índia, Filipinas, Estados Unidos, EMEA, Brasil, Colômbia, México):

Solicitou-se aos principais stakeholders de todas as nossas principais regiões e países de operações que avaliassem a importância de cada tópico de RSC para a Teleperformance (eixo y).

Os principais stakeholders incluíram representantes dos colaboradores, fornecedores e organizações de trabalho, clientes-chave, grupos de defesa (instituições públicas, ONGs, analistas do setor), etc.

Em 2019, a Teleperformance optou por envolver principalmente representantes de colaboradores - mais de 50% do painel - e priorizar o diálogo com nossos colaboradores durante o primeiro ano de avaliação;

- A gerência interna (Gerência Executiva, Diretores Globais, Gerência Regional e Especialistas) foi solicitada a avaliar o risco representado por cada tópico de RSC para as atividades da Teleperformance (eixo x). A Teleperformance consultou representantes de todas as funções-chave do Grupo (Jurídico e Conformidade, Recursos Humanos, Operações, Segurança da Informação, Desenvolvimento de Negócios, Gerenciamento de Clientes, Finanças e Gerenciamento de Riscos) e do nível corporativo e principais localidades;

- Realização da análise de materialidade pelo departamento de Responsabilidade Social Corporativa da Teleperformance, com base em entrevistas;

- Apresentação e validação dos resultados pelo Comitê Executivo da Teleperformance;

- A KPMG confirmou que a análise de materialidade realizada pela Teleperformance foi conduzida de acordo com a nota metodológica estabelecida sob a responsabilidade da direção de RSC da Teleperformance, e entregou um relatório de procedimentos acordados sobre esse assunto, de acordo com a ISRS 4400.

Através de nossa visão e ações, a Teleperformance já está comprometida com a responsabilidade social. Confira nossa visão de RSC.

Clique aqui

Através de nossa visão e ações, a Teleperformance já está comprometida com a responsabilidade social. Confira nossa visão de RSC.

Clique aqui